Museu da Computação e Informática - MCI
www.mci.org.br

TK 85
TK 85 Fabricante: Microdigital Eletrônica Ltda
País: Brasil
Linha: Sinclair
Compatibilidade: ZX-81
Linguagem: Assembly e BASIC
Lançamento: Fev/1983
Processador: Z80 A (8 bits)
Clock: 3,25MHz
Memória RAM: 16 ou 48 Kbytes
Sistema Operacional: P 1
Tela modo texto: 24 linhas x 32 colunas

O TK85 era o equipamento mais evoluído de uma linha iniciada pela Microdigital com o TK82, TK82-C e TK83. Eram computadores pessoais de pequeno porte, ideais para iniciantes em computação, para uso doméstico, profissional leve ou educativo e aficcionados que queriam aprender informática sem grandes investimentos. Era um equipamento compatível em hardware e software com o micro inglês ZX81, da Sinclair.

Todo o sistema (CPU, memória, teclado, etc) se aloja em uma caixa de plástico negro de 23,5cm X 14,3cm X 4cm, pesando 500g. Usa uma fonte de alimentação externa ligada à rede elétrica normal. A corrente de alimentação (110 ou 200 V CA) é convertida em 10V CC.

O programa monitor (sistema operacional ) e o interpretador BASIC estão pré-gravados em uma ROM de 10Kbytes.

Todos os componentes eletrônicos do TK85 são montados em uma única placa de circuito impresso. Na parte posterior da caixa existem vários conectores, três do tipo "jaque". O primeiro (DC) serve para conectar a fonte de alimentação. Os dois jaques restantes (MIC e EAR), para microfone e fones de ouvido, respectivamente, são utilizados para conectar-se o computador a um gravador cassete comum. Outro conector é do tipo coaxial (vídeo) e serve para ligar o micro à entrada de antena externa de um receptor de TV convencional. Existem também uma tomada fêmea tipo DIN, para conexão a um joystick e um conector especial de múltiplos contatos (expansão), que dá acesso a todos os sinais do microprocessador (barramento interno) ao qual se pode ligar uma ampla gama de extensões e periféricos.

O TK85 usava gravador de fita cassete como memória auxiliar. As funções mecânicas precisam ser controladas manualmente, pois o gravador não dispõe de conexão para acionamento do motor (REMOTE). Dispõe de duas velocidades de gravação e leitura: a normal, de 300 bauds e a alta, de 4.200 bauds (que exige o emprego de gravadores de boa qualidade e fitas de baixo ruído).

Para carregar um programa era preciso ligar a tomada "EAR" do TK85 a tomada do fone de ouvido do gravador. O controla do volume do gravador era girado até 3/4 do máximo e o controle de tonalidade era ajustado no modo mais agudo possível.

O TK85 tinha como periféricos um joystick, gravador cassete, gerador de sons, permitindo a gravação de três canais de som, impressora (TK Printer) de 32 colunas, velocidade de 45 cps e pesando apenas 300gr, utilizava papel térmico especial, em rolo. Outros periféricos e interfaces podiam ser ligados através do barramento próprio.

O software era composto pelo programa monitor, em extenso interpretador BASIC científico, ambos gravados em ROM de 10Kbytes. O BASIC tinha 46 comandos e 37 funções matemáticas e de manuseio de cadeia de caracteres, edição de programas, etc. A programação em linguagem de máquina era possível diretamente do BASIC, ou por programas montadores (Assembler Z80).

Havia grande número de programas aplicativos oferecidos (gravados em cassetes) nas áreas de entretenimento e lazer, educação, financeira e administrativa, profissional, etc.


TECLADO
O teclado do TK85 é do tipo QWERTY, incorporado à própria caixa do sistema e é do tipo mecânico simplificado, ou seja, teclas móveis pequenas (de borracha), multifuncionais. O teclado é bastante compacto, comandando até 160 funções e caracteres com apenas 40 teclas. Isso é conseguido atribuindo-se várias funções (até cinco) a uma mesma tecla. A alternância entre funções é realizado pressionando-se as teclas SHIFT, FUNCTION ou GRAPHIC, ou automaticamente, conforme o que se esteja digitando.

Uma particularidade interessante do TK85 e todos aqueles compatíveis com o ZX80, ZX81 e ZX-Spectrun, inglês, é que não se faz necessário digitar letra por letra o nome completo de comandos, instruções e funções da linguagem BASIC. Ao se pressionar uma tecla, o nome da instrução a ela associado é transmitido por extenso ao micro e à tela. Esse modo de representação consegue tamb&eacutém economia considerável de tempo de digitação e evita muitos erros de ortografia e sintaxe, o que faz do TK85 um micro bastante apropriado para principiantes.


VÍDEO
O TK85 utiliza como vío um aparelho de TV doméstica preto e branco ou em cores (embora a imagem seja sempre monocromática), que é ligado ao micro por um cabo blindado coaxial. A conexão é feita através da antena externa, devendo ser sintonizado no canal 2 de VHF.

A tela tem 24 linhas de 32 caracteres, só maiúsculas, caracteres negros sobre fundo branco, os caracteres também podem ser representados em vídeo inverso (branco sobre fundo negro). A resolução gráfica é de 64 pontos na horizontal por 44 na vertical.

Jogo quebra cabeça TK 85 - 296KB


PROPAGANDA
Propaganda do TK 85
Revista
Micro Sistemas
Mar/1983

Criado em: Jun/2001
Atualizado: 30/Dez/2004
Voltar    Início